0 +

anos de história

Sobre a OSSCA

A Orquestra Sinfônica de Santa Catarina (Ossca) foi criada em 1992 pelo maestro José Nilo Valle, atendendo ao desafio do governo estadual de estabelecer uma orquestra sinfônica em Santa Catarina. Sua estreia ocorreu em 25 de novembro de 1993, no Teatro Ademir Rosa, em Florianópolis.

A criação da Ossca marcou uma nova era na história musical do estado, representando um sonho artístico que foi alimentado ao longo da década de 1980 por José Nilo Valle, músico catarinense. Em reconhecimento à sua importância, a orquestra foi declarada Patrimônio Histórico Artístico e Cultural em 2009.

Em 2013, a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina recebeu o reconhecimento oficial na Constituição estadual como um organismo de interesse máximo para a cultura musical. Através da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 001/2013, o estado reconheceu a necessidade de destinar recursos públicos para a manutenção da orquestra.

Ao longo dos anos, a Ossca tem servido como inspiração para o surgimento de diversos grupos de câmara, cameratas e orquestras em Santa Catarina. A orquestra pioneiramente estabeleceu uma tradição de concertos sinfônicos regulares na capital, além de expandir a música para as cidades do interior e desenvolver projetos para a formação de jovens talentos.

Siga nossa linha do tempo

ORQUESTRA SINFÔNICA DE SANTA CATARINA (OSSCA)
Diretor Artístico e Regente: Maestro José Nilo Valle

I - Criação da OSSCA
1992/1993
O Governo do Estado de Santa Catarina, através de seus órgãos culturais, Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Desporto e da Fundação Catarinense de Cultura, designaram o Maestro José Nilo Valle, que havia terminado estudos de pós-graduação a nível mestrado e doutorado na Universidade de Washington, Estados Unidos, para iniciar uma orquestra sinfônica catarinense, designando o Centro Integrado de Cultura (CIC) de Florianópolis para ser a sede das atividades de implantação do novo organismo orquestral.
II - Estreia da OSSCA
1993
Um sistema operacional de espaço e equipamentos fornecidos pela FCC, no CIC, alavancaram as atividades. Após meses de preparativos, audições de músicos ensaios e outras demandas, nascia a sinfônica catarinense. A estreia aconteceu em 25 de novembro de 1993, Dia de Santa Catarina, no Teatro Ademir Rosa, do Centro Integrado de Cultura, Florianópolis, às 21:00 horas. Teatro lotado, a noite festiva contou com a presença de autoridades do poder público e uma plateia composta por mais de mil pessoas.
III - Criação da primeira temporada de concertos
1994
Estabelecimento da primeira temporada anual de eventos sinfônicos, dramáticos e de dança. Na sua história de três décadas, a orquestra manteve atividades ininterruptas, oferecendo anualmente o melhor de sua produção artística, com performances notáveis, contando com a participação de artistas convidados a nível local, nacional e internacional. Inseridas nas temporadas anuais, foram criadas pela direção artística as séries Gala Lírica, Solistas Catarinenses, Virtuosi, Sinfonia, Maestro, Mozart no TAC, Beethoven no TAC, Bravo SC, entre outras.
IV - Projeto OSSCA instrumental
1994
Santa Catarina possuía poucos músicos de orquestra na época em que a OSSCA foi iniciada: lacunas nas cordas (violas, violoncelos e contrabaixos), nos sopros (oboés, fagotes e trompas). Para sanar o problema, ao longo do ano de 1994 foi implantado o projeto OSSCA INSTRUMENTAL, que fomentou o aparecimento de dezenas de instrumentistas nas áreas carentes, os quais começaram suas carreiras como estagiários e, gradativamente, se integraram à orquestra como músicos efetivos. Alguns deles se projetaram no Brasil e no exterior.
V - Cultura musical para todos! Projeto Mucumuca
2000
Idealizado pelo maestro José Nilo Valle em 1998 e viabilizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina através da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte no ano 2.000, o projeto nasceu com a meta prioritária de interiorizar a atividade musical de orquestra, despertar o aparecimento de novos talentos da música em nosso Estado, fomentar a formação técnica de instrumentistas para sanar lacunas em todos os naipes orquestrais a nível estadual, incentivar o surgimento de novos grupos instrumentais e orquestras no território catarinense, bem como promover a integração e o consequente entrelaçamento de músicos das diversas regiões catarinenses visitadas. Pioneiro no gênero em Santa Catarina, o projeto apresentou seu primeiro grande concerto em Joinville, na Praça Nereu Ramos, no dia 17 de junho de 2.000. A partir da arrancada inicial, anualmente a OSSCA percorreu o território catarinense de norte a sul – leste a oeste, alcançando, na sua brilhante trajetória, aproximadamente 150 municípios, em grandes performances.
VI - OSSCA integrante do patrimônio histórico, artístico e cultural do estado de Santa Catarina
2009
Lei 14.788 de 21 de julho de 2009.
VII - OSSCA na constituição do Estado de Santa Cantarina
2013
Inserida na Constituição do Estado de Santa Catarina, Artigo 173, Inciso VI - Emenda Nº 65, de 19 de junho de 2013.
VIII – Popularização da OSSCA - Especiais Sinfônicos
2018
A Temporada de eventos 2018 da OSSCA teve uma abertura diferente, mais direcionada ao gosto pela música popular. Neste ano foi criada a série ESPECIAL SINFÔNICO, uma mescla de elementos populares com eruditos, propositadamente pensado para estimular as pessoas a frequentarem o teatro e curtirem a música de orquestra. Estreando no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em 17 de fevereiro, foi apresentado o primeiro evento da série, ESPECIAL SINFÔNICO TIM MAIA. A série vem alcançando grande sucesso entre os fãs e admiradores da orquestra e do público em geral, multiplicando, gradativamente, o número de performances.

Agenda

Próximos eventos

28

Honrarias e Troféus

Orquestras

- Patrimônio cultural de Santa Catarina

Direção artística

- Título de “Cidadão Honorário de Guabiruba”, da Administração Municipal;
- Troféu “Bruschi Saluta”, ofertado pelo Circolo Italiano di Brusque;
- Troféu 111 Anos de Emancipação Política de Nova Trento (gestão 2001-2004);
- Honra ao Mérito da Câmara de Vereadores de Florianópolis;
- Honra ao Mérito da Assembléia Legislativa do Estado de SC;
- Medalha Anita Garibaldi, governo de Santa Catarina.

Acompanhe

Últimas Notícias

Entre em contato

Queremos ouvir você! Entre em contato para apoiar, sugerir e comunicar sua paixão pela música clássica.

Rolar para cima